Governo Federal cria programa para impulsionar projetos de infraestrutura

Por Luís Eduardo Galvão e Fabiana Rodrigues da Fonseca

 

Nos últimos meses, o Governo Federal editou importantes medidas de incentivo ao investimento em infraestrutura.

 

Em setembro, a Lei nº 13.334/16 havia criado o Plano de Parceria de Investimentos (PPI) visando a ampliação e o fortalecimento da interação entre Estado e setor privado, por meio da celebração de acordos de parceria em especial para a implementação de projetos de infraestrutura.

 

Dentre os principais objetivos do PPI estão: (i) o aumento das oportunidades de investimento, a criação de empregos e o estímulo ao desenvolvimento tecnológico e industrial em conformidade com os objetivos de desenvolvimento social e econômico do País; (ii) a garantia do apoio e da expansão dos serviços públicos e dos projetos de infraestrutura, com taxas adequadas para os usuários; (iii) a promoção de concorrência plena e leal para a prestação de serviços; (iv) a garantia de estabilidade e segurança jurídica dos acordos, mediante intervenção mínima do governo nas empresas e nos investimentos; e (v) o reforço ao papel regulador do Estado, bem como da autonomia das agências reguladoras.

 

Em sequência, e como parte das medidas para implementação do PPI, foi promulgada, no dia 25.11.2016, a Medida Provisória nº 752/16 (“MP das Concessões”), que estabelece, entre outras disposições: (i) a possibilidade de resolução de controvérsias por meio de arbitragem; (ii) a criação de determinados parâmetros de prorrogação de contratos; (iii) a renovação antecipada de contratos; (iv) a reabertura de processos de licitação com a respectiva rescisão dos contratos precedentes; e (v) a devolução amigável pelas concessionárias do objeto do processo de licitação anteriormente adjudicado.

 

Ainda no contexto do PPI, foi publicado edital para a ampliação, manutenção e exploração de quatro aeroportos, com prazos de concessão que variam de 25 a 30 anos. O Governo Federal também anunciou a execução de outros projetos de concessão envolvendo os setores de transporte, energia, mineração e saneamento.

ARTIGOS DA R&F INFORMA N.96


CVM publica instrução que regulamenta crowdfunding de investimentos

Por Luís Eduardo Galvão e André Maruch Após ter sido objeto de consulta pública pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) no ano passado, a CVM publicou, em 14 de julho, a Instrução nº 588, que regulamenta a captação de investimentos por meio do chamado crowdfunding,...

Modificações no Processo Administrativo Federal

Por Daniela Cristina Ismael Floriano O CARF – Conselho Administrativo de Recursos Fiscais, órgão responsável pela revisão dos débitos tributários federais, que recentemente ganhou destaque em razão de investigações da Polícia Federal para apurar suspeita de compra de...

Sancionada nova lei substituta do Estatuto do Estrangeiro

Por Pedro Castelo Branco da Fonseca Jucá e André Maruch A Lei 13.445, publicada no Diário Oficial da União do último dia 25 de maio de 2017 (“Lei de Imigração”), estabeleceu uma nova regulamentação acerca da entrada e permanência e dos direitos e deveres dos...

Não incide IRRF sobre o pagamento de serviços técnicos do exterior

Por Flávio Sussumu Pizão Yoshida e Christiane Valese O Tribunal Regional Federal da 3ª Região proferiu decisão que afastou a incidência de Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) sobre remessas ao exterior para pagamento de serviços sem transferência de tecnologia...

Receba R&F INFORMA

Receba nossa newsletter mensal R&F INFORMA e mantenha-se atualizado sobre os assuntos jurídicos nacionais e internacionais

envie aqui